Do coração sem afeições

Eu ando remendando meu coração com paixões vazias. Me deixando levar por falsos sorrisos, gestos nulos e olhares não preenchidos. Me encanto por palavras vagas, abraços sem sentimentos e risos sem sabor.

Não consigo não me maravilhar por carinhos e atitudes suaves. Ando apenas escrevendo sobre amor, mais convenhamos, falar de amor não é amor.

Preciso me livrar desse vício de cair em armadilhas fatais como seus olhos e jeito de ser. Necessito de um antídoto pra esse veneno borbulhante e ardente que corrói meu peito e aos poucos me destrói. Mas enquanto não o encontro me divirto e choro errando com você.


ML



INfelizmente

14 comentaram:

Sílvia disse...

Também me sinto assim. A necessidade constante de estar com alguém e o vazio que nunca fica preenchido por saber que tudo é uma mentira. Gostava que um dia tudo mudasse. Vou esperar que esse dia chegue.

Um beijo

Mali Melo disse...

tudo muda, não tenha dúvida. e o tempo cura tudo, isso é fato.

fique bem, bjs :*

Letícia disse...

nossa , amei o texto.
meeu é horrivel , quando se acabam o amor , ou melhor , quando nem comecar ;((
to seguindo
bgs
http://falaseerioamiga.blogspot.com/

Veronica Rodrigues disse...

Lindo o texto. Triste, mas lindo. Sempre passo por aqui.
Beijos e bom final de semana.

http://coffeeblogandcigarettes.blogspot.com

Srtª Vihh disse...

Nossa que triste...
realmente falar de amor é tão ou mais dificil do que senti-lo, mas vc parece muito tranquila em descrever este sentimento para nós, amo isso.
bjOus

Enrique Coimbra disse...

Abriu o texto de maneira SUPER inteligente e cativante e fechou-o com maestria, cara! Tiro meu chapéu. E sim, festas lembram FALSIDADE. Que bom que você sacou isso no texto. Nem todo mundo saca os meus ;)

Naty Araújo disse...

Seu blog é um doce.
Gostei demais. Escreve com uma excelente qualidade.


Bjos

Patrícia disse...

lindo mas triste, adorei o texto!

Piie'tra - Eipi disse...

Nessecidade de saber o que passa na mente dos outros, para que depois nos importemos do que passa na nossa ... E todo aquele espaço que não foi preenchido agora doí com intencidade ...


Seguindo **:

Nathani disse...

Lindo o texto, porém triste, mas nós escrevemos para tentar esquecer dos pesadelos! Beijos e boa sorte com os seus probleminhas!

Mari disse...

Já não me deixo levar... Acho que é o amadurecimento. Mas não sofra, chica. Um dia vão querer te levar e dessa vez, fará questão de ir.

beijo.

Sylvia Araujo disse...

Lindo texto... intenso e amargo, lindo e cheinho de ritmo.

Adorei seu blog.

Beijomeupravocê

Milena Góes @ disse...

Que lindo, amei. O tempo um dia trará a felicidade e espero até que esse dia chegue, para que essas minhas ilusões sejam varridas como as areias do deserto.
www.candyspaceteen.blogspot.com

sarah disse...

Enfim, acho que nenhum ser humano se quer não tem algum sentimento voltado para o bem dentro de si!

Uns sabem usá-los bem, outros prefere guardar para si.
Somo movidos a sentimentos;;
e realmente falar de amor não é amar !

beijos linda, gostei daqui ..







Design e código feitos por Julie Duarte. Personalizado por Maria Luisa.