Chuviscos


- Você pode entender agora não é? – me dizia Dan em seu tom caótico
- Pensando bem, não! – falei em alto e bom som. Estávamos discutindo horas a fio sobre se entregar completamente ao amor, ou a pessoa amada. Dan como bom e clássico romântico me apresentava novas justificativas a cada minuto sobre tal fato.
- Não consegue compreender porque nunca amou! Pois quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós.
- Nossa que poético, ou posso dizer patético? – disse rapidamente em meio de risos provocadores. Mas pensando bem, ele estava completamente certo, eu jamais havia me apaixonado de verdade.
- Sempre é desta forma. Você tem que ter a razão de toda história! O que mais me impressiona, é o fato de não ter me acostumado com isso depois de tantos anos. – ele falava assim pois me conhecia a muito tempo, e muito bem, talvez seja a pessoa que mais me conheça, muito mais do que a mim mesma, e isso me impressionava.
- Já acabou com a ceninha? Podemos continuar falando sobre o quão idiota é o amor?
Uma garoa fina começara a cair.
- Bom, não adianta.  Algo diz pra eu ir embora. Melhor que seja agora, antes que cometa o pior erro de minha curta existência. – se virou de costas para mim e correu.
Tentei alcançá-lo, apenas parei quando vi um papel perfeitamente dobrado cair do bolso de seu casaco. Me agachei, o peguei e comecei a ler. Minhas mãos ficaram trêmulas quando observei o que formavam aquelas letras de uma ortografia caprichada e organizada.
‘A cada momento isso aumenta, não sei dizer de onde surgiu. Isso parece transbordar, mas não sei mais a quem engano, entre milhões de pessoas, é você quem eu amo. ‘
A chuva aumentou. Fiquei estática e senti um arrepio avassalador quando Dan de repente parou e se virou com os olhos fixos no papel que antes estivera com ele. Seu coração martelou uma vez, duro, espremendo duas lágrimas quentes de seus olhos.. Tudo isso foi seguido de um enorme silêncio, até que não pude mais aguentar.
- Me desculpe, eu queria te dizer, eu também te amo! – gritei aflita. Mas ele pareceu não escutar, voltou a caminhar na mesma direção que anteriormente e não olhou mais para trás.
Eu não sabia, mas a tempos conhecia o amor e infelizmente, por medo talvez, acabei o deixando escapar.

18 comentaram:

Jaqueline Jesus disse...

eu amei seu texto, de coração *-*
É muuito ruin não saber definir o que a gente sente, mas é preciso falar antes que seja tarde, mesmo que vc nem saiba ao certo o que aquele sentimento representa. É melhor falar o que sente do que esconder e se arrepender depois pela chance que perdeu.

Beijoos Luisa *-*

Carlinhaaa disse...

que lindooo *-*
ameii de verdade!!!

por isso não devemos deixar pra amanhã o que podemos fazer ou dizer hoje! Porque o amanhã pode ser tarde ;s

parabéns querida
beijooos!

Naty Araújo disse...

Ahh que lindo seu blog.
O texto tá show, show mesmo.

Tbm sigo vc e parabéns pela estrutura.

Beijos

Bele disse...

Nossa, texto chocante, me prendeu até o fim! adorei !

da uma olhadinha no blog (:
http://babyjustalittlesecret.blogspot.com/
comenta *-*

Juliana Marton disse...

é diferente quando a pessoa sabe escrever e transmitir tantas coisas por meio de simples palavras. está cada dia melhor e mais envolvente. ;**

Letízia P. disse...

que triste Maria, triste e lindo.
O pior de tudo, é quando o amor passa por entre nossos dedos e quando tentamos pego-lo, ele já se foi.
Beijos

Thais Alves disse...

Nossa liindooo , muitas pessoas as vezes deixam de viver uma grande paixão por não saberem que seu grande amor que está ao seu lado . *-*'

Ah , meu blog mudou de nome , antes era "Adolescência , sentimentos e verdade " agora é "#' Ourflow . " :D'

Coluna Hahaha disse...

visite meu blog =D

coluna-hahaha.blogspot.com

cami disse...

lindo

disse...

Amei!
Tem selinho pra ti.

Ғelipe Eller disse...

Muito lindo seu texto *--*
É, não devemos deixar o amor escapar, falar o que sentimos nem sempre é fácil mas é algo necessário ;*

Vanessa Monique disse...

Foi vc q escreveu?
MARAVILHOSOS!
Tenha uma ótima quinta-feira!
www.fluem.blogspot.com
:*

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando. disse...

Lindo!

Essa coisa de dar valor só quando se perde...

Meu Beijo!

Lolzinhah disse...

Nossa que lindo!!
Ameei.Que dom para escrever!!
Bjos =*

Rafaela disse...

deixei um selo pra ti no meu blog, vê lá: http://imaginarium96.blogspot.com/

bjs ;*

Jorge Lima disse...

chorei aqui....

Sandra disse...

vim conhecer seu blog...
oiiiiiii!!!Participei da postagem onde as palavras se sobrepoem. Venha conferi. Muito carinho vou te esperara para conferi o meu amor..
CARINHOSAMENTE, A INTERAÇÃO DE AMIGO AGRADECE A SUA VISITA.
http://sandrarandrade7.blogspot.com
O amor é um grande passo para a felicidade, que mora dentro de nós mesmo.
Carinhosamente,
Sandra







Design e código feitos por Julie Duarte. Personalizado por Maria Luisa.