Relicário


E levo comigo todos os momentos bons. Mas não pense que me desfiz dos ruins, claro que não, pois eles foram tão importantes quantos os agradáveis e até melhores aproveitados já que todos me deram uma lição para aprender. Não tomei o conhecimento de tudo que vivi mas suguei o máximo de sorrisos e risos que pude presenciar em minha jornada iniciada logo ao ser carregada nos braços de um médico e dar minhas primeiras e difíceis absorções de oxigênio.
Guardo as complicadas passadas, os abraços, o vento no cabelo e o corpo ao se movimentar para a liberdade. As viagens de carro, ônibus, barco e avião que me fizeram presenciar paisagens novas, desconhecidas e com um amplo grau de beleza inexplorada em minha mente que absorve traços.
Lembro-me das lágrimas salgadas muitas vezes trazidas pelos tombos de bicicleta e pelos tropeções na infância, dos olhos fixos nos desenhos animados que passavam na tv, a voz desregulada que insistia em cantar músicas sem sentido, o banho de chuva e de mangueira, o gosto do brigadeiro de panela, as brincadeiras sem fim e das piadas sem graça.
Levo pequenas memórias guardadas em meu interior. Podem ser insignificantes para quem lê, mas para mim são mais preciosas do que um tesouro e isso ninguém pode apagar ou roubar de minhas entranhas. E a cada novo amanhecer rabisco minha história. Pois como dizem, o que a gente leva da vida, é a vida que a gente leva!


Eu vou vencer
Vou sobreviver
Quando o mundo estiver se partindo
Quando eu finalmente atingir o chão
Não vou apenas me virar
Não tente me parar

14 comentaram:

@juusep disse...

É preciso viver! :D

Letízia P. disse...

Porque são os bons e maus momentos que nos fazem evoluir.
Alice Underground se encaixou direitinho com o lindo texto Maria.
Beijos

Juliana Marton disse...

lindo texto, Maria. essa última frase me lembra meu avô. é tipo um lema pra ele. hihihi. beijos! :*

Isabela Branco disse...

que lindo *-*

Danii disse...

Isso é o que importa né?
Guardar todas as lembranças sempre no coração *-* E ser feliz com elas :)

Janete Andrade disse...

há muito meu coração é relicário de lembranças ternas!

;*

Anônimo disse...

Ficou bom msm

tamara furlan disse...

"Guardo as complicadas passadas, os abraços, o vento no cabelo e o corpo ao se movimentar para a liberdade. As viagens de carro, ônibus, barco e avião que me fizeram presenciar paisagens novas, desconhecidas e com um amplo grau de beleza inexplorada em minha mente que absorve traços."

muuuuito bonito, mesmo!

Sarah Camilo disse...

Só o cabeçalho do seu blog já me encantou, HP, GG que gostos ótimos você tem; passo muito tempo pensando nas minhas experiências, momentos.

Srtª Vihh disse...

Simplesmente tudo o seu blog, que layout lindo!
bjOus

Thais Alves disse...

Liindoo , ameei *-*'

Yasmin c.k. disse...

Guardar tudo que se viveu, os detalhes mínimos dos bons e maus momentos, mas principalmente saber seguir em frente, sem esquecer-se do que viveu. ótimo texto.

Rhaissa N. Ramon disse...

Lembrei de momentos iguais. Lembranças nos fazem sentir que vale a pena, né?

ADOREI O BLOG, principalmente o lay!
TUDO A VER comigo. Menos a Demi, hm.

hahaha
Beijoo

P. disse...

legal







Design e código feitos por Julie Duarte. Personalizado por Maria Luisa.