Rabiscos de pedaços de papel

Ando sem caminho, procurando um meio e um fim.
O começo já foi abandonado, nas bordas de um papel qualquer.
Me perdi durante o percurso, esse é meu destino,
Aventurar-me durante dias e noites vazias.
Enfrentando o que vier.

Você já se sentiu incompleto, sozinho e abandonado?
Mesmo que na realidade de amigos tu estás rodeado?
Sem percepção das coisas em seu estado real,
Colocando um problema em cada ponto
Quem sabe querendo o ideal.
E quando essa tristeza vai embora?
Cansei de aceitar os defeitos alheios,
Sendo que os meus não aceitam.
Também tenho o direito de errar.

Só queria aqui comigo, um alguém que me aceitasse assim
E que me ajudasse a acertar.



Gente, gente, estava pensando em uma coisa, acho que devíamos nos ajudar nesse mundo dos blogs não? Estava pensando em fazer uma página aí em cima chamada de blogs amigos. Então é assim, eu te "linko" e você me "linka" entenderam? Porque eu sei como é dificil manter um blog, ganhar leitores e tal. Então se quiserem é só falar comigo. Ajuda mútua! :)

6 comentaram:

Cris Bueno disse...

Amei o post. Ti escreve muito bem.
Aah seu blgo já tá na minha lista de indicação tem um tempo já. =D
besote

Mali Melo disse...

você simplificou muito bem muitas sensações... adorei :)
beijos :*

Thais Alves disse...

Me identifiquei totalmente com seu texto , também estou cansada de aceitar de aceitar defeitos alheios e ninguém aceitar o meu . E olha adoorei a idéia , si quiser conte comigo :D'

Luísa Ch. disse...

amei o post! me identifiquei, me sinto exatamente assim *-*

voce ja está linkada no meu, gostei da iniciativa, beijos.

Letízia P. disse...

É se sentir sozinho no meio de uma multidão.
Lindo texto.
Beijos

Milena Góes @ disse...

Amei o post, você como sempre escreve super bem *-*
http://candyspaceteen.blogspot.com/







Design e código feitos por Julie Duarte. Personalizado por Maria Luisa.